outubro 02, 2005

iNdIgNaÇãO

Digam-me de uma vez por todas para que é que servem os horários?! Será apenas para os alunos saberem que têm que ir à universidade todos os dias da hora X à hora Y?

De facto, temos um horário, por sinal mal organizado, mas ainda assim um horário! E nas aulas de apresentação recebemos dos professores o programa da cadeira e até se dão ao trabalho de fazer uma planificação das aulas com os sumários e a bibliografia correspondente. Mas certos e determinados professores insistem em ter “coisas” marcadas para a hora das aulas e nós, alunos, estamos sempre em último plano (e já não digo em segundo!), por isso acabamos por ficar sem a nossa aula. É claro que depois querem marcar aulas suplementares, para conseguirem cumprir o programa.
Até aqui tudo bem…visto que é do nosso inteiro interesse, enquanto meros alunos, aprender o que sábios doutores têm para nos ensinar.
O problema está que estas “almas” que pensam que só por serem professores universitários podem usar e abusar dos alunos, decidem marcar a aula de reposição para o dia x à hora y, exclusivamente de acordo com a sua agenda pessoal, porque os alunos nem sequer têm uma! E limitam-se a informar-nos que a aula decorrerá no seguinte horário num determinado auditório e nós, alunos, mudamos todos os nossos planos, ficamos com o dia estragado porque a aula foi marcada a meio da tarde, mas mesmo assim, ávidos de conhecimento, lá estamos nós à hora marcada para ter a “dita” aula suplementar. Mas o cúmulo acontece, quando após 10 minutos de espera surge alguém a informar-nos que a “dita” professora não poderia comparecer na “dita” aula suplementar, porque estava atrasada…e então, esta iria agendar connosco uma outra data!


E agora eu pergunto: Mas nós, só porque somos meros alunos, temos que aceitar situações destas sem protestar? Afinal também temos vida para além da universidade e das aulas desta “dita” cadeira… No mínimo, merecíamos um enorme pedido de desculpas, não?!

Sem comentários: