setembro 30, 2006


Injustiças injustas... Ou injustiças justas... Pesamos os pratos da balança e assim reflectimos sobre o que nos acontece todos os dias. Será que o sofrimento que nos é embutido pelos acontecimentos mais marcantes, mas também, mais difíceis de ultrapassar, será justo, do ponto de vista do que fizemos para o merecer e do ponto de vista do que faremos a seguir, tendo isto feito parte da nossa história de vida?! Queremos sempre acreditar (eu pelo menos...) que tudo tem uma razão de ser, tudo tem um motivo, e quanto mais não seja, nos proporciona uma apredizagem que de outro modo não realizaríamos. Por isso estejemos abertos às aprendizagem que todos os dias a vida nos oferece...por vezes, até gratuitamente!

Sem comentários: