maio 16, 2010

Simplicidade

....no amor. Para quê complicar aquilo que pode ser (e é) simples. 2+2 são 4. Mas, pelo contrário, tendemos a colocar pontos e vírgulas nas relações, por vezes até mesmo fazer parágrafos, na esperança de que o narrador (nós próprios) saiba como continuar a história, com a mesma intensidade. A verdade é que um dia acordamos e damo-nos conta que passou demasiado tempo, que o prazo de hipoteca está a expirar e procuramos desesperadamente retomar o caminho, a história, a vida...a felicidade! Nem sempre conseguimos. Quase nuna conseguimos. Seria necessário ter o Universo a conspirar por nós e nós a respeitar as suas directrizes... 

Sem comentários: