maio 19, 2010

Sufoco

Amar, de verdade, essa marca distinta, tem sempre só um dono...
A vida é tão curta para desperdiçámos aquilo que mais amamos e que mais nos faz feliz. Custa a crer que assim tenha que ser. Mais vale tarde do que nunca, perceber e lutar por algo assim vem das profundezas da alma, do mais puro do nosso ser. Custa a crer! Deixa-me lutar...contigo, ao teu lado, por ti!

Sem comentários: