abril 20, 2010

Não há coincidências

Nunca se esquece um grande amor

Sem comentários: