abril 23, 2007

Alcançando o céu...




Brotando ramos delgados,

Alcançando a Lua, o Sol,

O Céu,

Pois foi de lá que vieste,

Tal como um anjo.

Tua beleza etérea flui

Além de ti,

Mergulha no inimaginável

Na loucura calma, no medo de te perder.

Por isso pinto-te na minha memória,

E guardo-te para sempre!

1 comentário:

Anónimo disse...

AMO-TE...simplesmente, para sempre