agosto 26, 2005

ApENaS hOjE...


Existem dois dias com os quais não nos devemos preocupar. Devemos estar livres do medo e da apreensão que eles nos provocam e simplesmente viver!

Um desses dias é o ONTEM, que com os seus erros e pecados, com os seus obstáculos e cuidados, com as suas vitórias e quedas, com o seu sofrimento e dor, com os seus amores e desamores, passou para sempre, saiu do âmbito do nosso controlo. Todo o dinheiro deste mundo não trará de volta nem um segundo do dia de ontem, por isso não podemos retirar ou acrescentar uma palavra ao que dissemos ou tão pouco mudar alguma coisa no nosso comportamento. O Ontem já se foi…

O outro dia com que não devemos nos preocupar é o AMANHÃ, que com os seus adversários impossíveis, as suas responsabilidades, as suas promessas e esperanças, ainda não chegou. Amanhã será um novo dia, o sol nascerá em esplendor ou escondido atrás das nuvens, mas nascerá. E até lá, não nos fixemos nele, porque o amanhã é o desconhecido, a incógnita que apenas se revelará amanhã!

Deste modo, resta-nos apenas um dia, o HOJE. Temos uma batalha diária para travar e só quando aumentamos as responsabilidades do ontem e do amanhã é que caímos, porque a tristeza não vem da experiência de hoje, mas do remorso e da amargura por algo que aconteceu ontem e pelo receio do que o amanhã possa trazer. Por isso aprendamos a viver o HOJE, sem uma falsa saudade do ontem e um novo receio do amanhã.

Sem comentários: