agosto 10, 2010

Start all over again

Post roubado do às 9... não sendo as minhas palavras, retraram exactamente aquilo que penso acerca deste assunto. Porque não?? A vida ensinou-me amargamente que é uma breve passagem e que um dia podemos chegar à recta final sem a certeza de que estamos felizes. Gostava de fugir a sete pés dessa sensação, arriscar tudo, dar tudo de mim...por algo que valesse realmente a pena e que me devolvesse o sorriso que perdi. Não sei se algum dia o voltei a recuperar, é difícil esquecer e lutar em nome de nada...


_____________________________

For what it’s worth: it’s never too late or, in my case, too early to be whoever you want to be. There’s no time limit, stop whenever you want.




You can change or stay the same, there are no rules to this thing. We can make the best or the worst of it. I hope you make the best of it. And I hope you see things that startle you. I hope you feel things you’ve never felt before. I hope you meet people with a different point of view.




I hope you live a life you’re proud of. And if you find that you’re not, I hope you have the strength to start all over again.”



* - «E eu acho que é assim que a vida deve ser vivida: quando sentimos que as escolhas que fizemos, até um dia, não foram as melhores. Porque não começar tudo do zero? Porque não agitar a vida, procurar outro caminho, fazer novas escolhas, ir atrás do que [acreditamos] nos fará mais felizes? É preciso coragem? É. E então? Em vez de perguntarmos sempre "para quê?" ou "porquê?", podemos, de vez em quando, sair da zona de conforto e perguntar "porque não?". É só uma forma de olhar para a vida. A minha forma, a minha opinião. Vale o que vale.»

Sem comentários: