julho 20, 2005

CoMpLeMeNTaRiEdADe


“Na noite dos tempos em que fomos separados, uma das partes ficou encarregada de manter o conhecimento: o homem. Ele passou a compreender a agricultura, a natureza e os movimentos dos astros no céu. O conhecimento sempre foi o poder que manteve o Universo no seu lugar e as estrelas girando nas suas órbitas. Esta foi a glória do homem: manter o conhecimento. E isto fez com que a raça inteira sobrevivesse.

A nós, mulheres, foi-nos entregue algo de muito subtil, muito mais frágil, mas sem o qual o conhecimento não faz qualquer sentido: a transformação. Os homens deixavam o solo fértil, nós semeávamos e esse solo transformava-se em árvores e plantas. O solo precisa da semente e a semente precisa do solo. Um só tem o sentido do outro.

O mesmo se passa com os Seres Humanos. Quando o conhecimento masculino se une com a transformação feminina, está criada a grande união mássica que se chama sabedoria.”

In Brida, Paulo Coelho

Sem comentários: